Declaração da Diretoria sobre a atual pandemia do vírus corona e o uso de canabinoides

Declaração da Diretoria sobre a atual pandemia do vírus corona e o uso de canabinoides

Vários estudos laboratoriais sugerem que os canabinoides podem ter efeitos antivirais e antibacterianos. Temos relatado isto repetidamente no IACM-Bulletin.

No entanto, não há evidências de que oindividuais – tais como CBD, CBG ou THC – ou preparações de canábis protejam contra a infeção com o vírus SRACoV2 ou possam ser usados para tratar a Covid-19, a doença produzida por este vírus.

Também, não há evidências de que o uso de canabinoides possa aumentar o risco de infeção viral.


Por favor não transmita informações falsas que circulam na Internet. Ajude a conter a propagação do vírus, seguindo as orientações do governo e das autoridades sanitárias.

Sejamos solidários durante este tempo, especialmente com aqueles que estão particularmente em risco de uma tal infeção. Cuide de si e dos outros!

Em nome do Conselho de Administração da IACM

Dra. Kirsten Müller-Vahl (1ª Cadeira-Mulher) Dr. Franjo Grotenhermen (Diretor Executivo)

Notícia Original: PDF

Fonte: IACM – Associação Internacional para Medicina com Canabinoides

Fechar Menu